O ponto de convergência

By Dannilo Santana 2 anos agoNo Comments
Home  /  Editorial  /  O ponto de convergência

O ponto de convergência
Por Cláudio Gomes

A Internet é definida como um conjunto de redes que permite a descentralização da informação por meio de interconexões de computadores e demais aparelhos electrónicos, por sistemas de protocolos chamados de TCP/IP – Transmission Control Protocol (Protocolo de Controlo de Transmissão).

A sua invenção remonta ao ano de 1969, altura em que uma agência afecta ao Departamento de Defesa dos Estados Unidos da América (EUA) decidiu encontrar alternativas plausíveis para prevenir um possível corte na comunicação, que viriam a ter lugar caso se efectivasse a ameaça de uma eminente guerra atómica.

Ela passou a ser conhecida nos EUA, em particular, três anos após a sua invenção, quando três universidades da Califórnia e uma de Utah, estabeleceram uma conexão conhecida como ARPANET (Advanced Research Projects Agency Network), que culminou com a primeira demonstração pública.

Depois de quase meio século de existência, a invenção da internet aliada ao surgimento dos computadores continua a ser o ponto mais alto na revolução das comunicações do século XX. Não há dúvidas que a internet é o maior ponto de convergência do mundo, congregando de forma multidisciplinar todos os sectores da vida pública.

Não se sabe ao certo quais foram as motivações que levaram o filósofo e educador canadense, Marshal McLuhan, a usar pela primeira vez a expressão “Aldeia Global”, mas o facto é que a internet tornou o mundo menor, mais interligado e mais dinâmico.

O surgimento da internet veio consolidar a visão da “Aldeia Global” usada pela primeira vez em 1960 por McLuhan, 9 anos antes da invenção da internet – segundo a qual o mundo se tornaria numa pequena “Aldeia Global”.

Contrariamente ao que se possa imaginar, a Internet e a World Wide Web não são sinónimos. A WWW é um sistema de informação desenvolvido em 1989 por Tim Berners Lee e Robert Cailliau. Este serviço permite ter acesso às informações ligadas/relacionadas entre si através do protocolo HTTP (HyperText Transfer Protocol).

Os protocolos de redes de comunicação interligam, hoje, milhões de utilizadores em diferentes partes do globo, que em tempo real partilham suas ideias, valores, ambições e negócios de modo interactivo, com a eficácia e atratividade ímpar.

Quando analisamos a postura da comunicação e comparamos com o actual momento das comunicações humanas, percebemos as grandes transformações que ocorreram na forma de trabalhar, de gerar empregos, nos relacionamentos, no entretenimento e na forma como a internet acoplou hábitos e costumes.

Estas mudanças constantes devem ser acompanhadas pelos utilizadores das ferramentas de comunicação (internet – redes sociais), para que sejam parte activas destas transformações impostas pelas dinâmicas das tecnologias de comunicação e informação em ascensão constante e permanente, sem deixar em mãos alheias a soberania, os valores culturais e humanos.

Category:
  Editorial
this post was shared 0 times
 300
About

 Dannilo Santana

  (4 articles)

Leave a Reply

Your email address will not be published.